segunda-feira, 17 de outubro de 2011

MISTÉRIO


(ao meu sobrinho flutuante)


É uma flora inerme
que não erra, Guilherme,

é a grande papinha da vida:

nasce na terra
e se encerra

na b
        a
           r
           r
          i
       g
    a



Nenhum comentário:

Postar um comentário

DELARTE - OBRAS PUBLICADAS:

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)
Clique nas imagens e adquira os livros pelo catálogo da Editora Patuá. Também podem ser encontrados nas Livrarias Cultura e Suburbano Convicto (SP).

CRAVOS DA NOITE (contos)

O Alien da Linha Azul (poesia)

O Alien da Linha Azul (poesia)
Aquisições com o autor ou no Bar & Livraria Patuscada