quinta-feira, 2 de junho de 2011

Poema "Niilismo" vence concurso no site de Ulisses Tavares"

Caros leitores,

O poema "Niilismo", dedicado ao meu amigo e "independente" Fábio D´Airam,  foi o vencedor do concurso de maio/2011 do site do poeta Ulisses Tavares.

Futuramente o poema fará parte de uma antologia onde participarão os vencedores de cada mês.

Agradeço ao Ulisses o espaço, a divulgação e o projeto.


 
Axé a todos!


"Niilismo"

“Ao Fábio D´Airam”


O Grande Nada nivelou os homens
fez contagem regressiva das horas
pôs os sonhos num altar
a miséria em holofotes
jogou panos quentes no sentido da vida
canonizando o prazer em sua ubíqua teogonia

O Grande Nada ocupou um trono vazio
contabilizou réquiens
espirros
escarros
e fez dos homens atuários

O Grande Nada humanizou os homens
aniquilou o espiral
promoveu o retorno de si
e bandeirinhas na última volta

O Grande Nada despencou os deuses
tornou santos os poetas
e colou todos no nadir

O Grande Nada se nadificou
nadificou tudo e nada ficou

além do Tudo






Nenhum comentário:

Postar um comentário

DELARTE - OBRAS PUBLICADAS:

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)
Clique nas imagens e adquira os livros pelo catálogo da Editora Patuá. Também podem ser encontrados nas Livrarias Cultura e Suburbano Convicto (SP).

CRAVOS DA NOITE (contos)

O Alien da Linha Azul (poesia)

O Alien da Linha Azul (poesia)
Aquisições com o autor ou no Bar & Livraria Patuscada