segunda-feira, 9 de maio de 2011

Letra Envenenada - Edição Maio/2011

Salve amigos e leitores!

Esse é o link para baixar na íntegra a edição de maio do Jornal "Conteúdo Independente":

http://www.4shared.com/document/a7ujT4Vc/JORNAL_CONTEDO_INDEPENDENTE_ED.html


Abaixo o texto publicado na minha coluna "Letra Envenada", com uma novidade, a charge do mano Edê!

Axé a todos e boa leitura!


"Fora de Eixo (ou Molho Especial)"


Na praça da República
evangélicos em êxtase pregam o novo Velho Testamento.
- E o Rei se apossará de seu trono, descendo num jumento celeste!
(mas um terrorista palestino o aguarda silenciosamente, encostado no muro...)

Em Paris
nostálgicos intelectuais saem às ruas reivindicando o impossível.
- E o impossível ecoará por todos os lares, pelos ares!
(mas o que era mesmo o impossível?...)

Uma TV americana
anuncia em Bagdá o mais novo conceito em aparelhos abdominais.
- Entre bombas e rajadas, todos serão mais felizes em tanquinhos bem definidos!
(mas o Sol jamais ousou tocar as mulçumanas em partes tão intimas...)

Ainda em Bagdá
um descendente direto de Maomé unifica curdos, xiitas e sunitas.
- E a sonhada democracia fará toda a nação mais soberana!
(mas algo no mar, apontado às suas cabeças,
sempre os convencerão de que o candidato republicano é a melhor opção...)

Em etê-portos no Norte do país
criaturas verdes revelam a boa nova e ofertam a salvação.

Seu Tranca-ruas baixa na Casa Branca
e exige um marafo, duas galinhas e um padê pela reeleição.

“My senhores, vejam bem: eis a eixo do mal, eis a eixo do bem...”

O Papa Bento XVI
revela ao mundo o seu antigo caso com o antigo Papa.

No Maracanã,
João-de-Deus encarna em Tuta (atacante do Flu),
interrompe o clássico, chama os repórteres,
e reclama sua honra.

As notícias se exprimem nas primeiras páginas dos jornais...

- Algo no mundo está fora dos eixos!

E parece que a ONU (decididamente)
encontrou armas químicas em território semita
engenhosamente camufladas entre:

dois hambúrgueres,
alface,
queijo,
cebola e picles
num pão com gergelim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DELARTE - OBRAS PUBLICADAS:

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)
Clique nas imagens e adquira os livros pelo catálogo da Editora Patuá. Também podem ser encontrados nas Livrarias Cultura e Suburbano Convicto (SP).

CRAVOS DA NOITE (contos)

O Alien da Linha Azul (poesia)

O Alien da Linha Azul (poesia)
Aquisições com o autor ou no Bar & Livraria Patuscada