segunda-feira, 2 de maio de 2011

"Foto-poema do Orgasmo (uma poção antiterrorismo)"


O 11 de setembro, dia dos meus vinte anos, fora marcado com a queda das torres gêmeas. Não por acaso, a queda de Bin Laden ocorreu hoje, 02 de maio,  quase dez anos depois, no dia dos trinta anos da minha Preta... Percebo que nossa  história se passou nesse percurso e hoje, enlaçados, o que essas datas me sugerem é que você, meu amor, sempre se encarregou de apagar as chamas dos meus ataques terroristas.

Parabéns por este dia!
A você este poema brotado do nosso fogo armado, de nossa redenção e poção antiterrorismo...

"Foto-poema do Orgasmo"

“À Rainha-mãe das borboletas”

Retenha toda luz
no teu glóbulo de rosa
líquido e borbulhante
qual bromélia luminosa
com dentes de agulha em brasa
as unhas cravadas
cintilantes
no músculo mais rijo
e latejante
e só por um segundo
não se mexa

Sinta o fluido fremente
duma gárgula em convulsão sob a pele
subir frenético do centro da Terra
rasgar os séculos adormecidos
na tua veia mais íntima
cair como estrela sangrando
na face trêmula
da noite

Dilacera-te
de ponta à ponta
num espasmo profundo e lento

Triture em mil tentáculos
toda a alma
das palavras proibidas
de todo
e por todo teu vocabulário mais sujo
e antes de gritar “Deus!”
congele este momento para sempre...

(clic)

Abra os olhos
e leia por dentro
a fusão mais tênue
e suicida de nós:

esta foto em leite,
e
   s
     c
       o
       r
     r
  e
   n
      d
           o
o mel do Mundo,
ungindo o ar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DELARTE - OBRAS PUBLICADAS:

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)
Clique nas imagens e adquira os livros pelo catálogo da Editora Patuá. Também podem ser encontrados nas Livrarias Cultura e Suburbano Convicto (SP).

CRAVOS DA NOITE (contos)

O Alien da Linha Azul (poesia)

O Alien da Linha Azul (poesia)
Aquisições com o autor ou no Bar & Livraria Patuscada