segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

VIRADA


Não.

Não é mais um ano,
mais um livro,
outra roda, outra gira,
número novo,
novo calendário;

não é a Virgem a chorar nossas misérias,
não é Deus preparando o chicote
nem o Tempo carrasco a marcar na pele
as cicatrizes do eterno relógio.

Não é nova era,
nova ordem,
novo tempo.

Não é momento de redenção,
de opressão
ou aniquilamento.

É sim uma chance:

refazer a cama,
lustrar os móveis,
retocar a fachada -

do amor bater na porta
e encontrar alguém em casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DELARTE - OBRAS PUBLICADAS:

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)
Clique nas imagens e adquira os livros pelo catálogo da Editora Patuá. Também podem ser encontrados nas Livrarias Cultura e Suburbano Convicto (SP).

CRAVOS DA NOITE (contos)

O Alien da Linha Azul (poesia)

O Alien da Linha Azul (poesia)
Aquisições com o autor ou no Bar & Livraria Patuscada